Uma nova iniciativa para premiar e apoiar produtos e serviços inovadores criados por startups foi criada pelo Governo português. Acima de tudo é necessário que os novos produtos e serviços se enquadrem como uma solução a um dos 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) ou “Sustainable Development Goals” (SDG) das Nações Unidas. E é por isso uma resposta nacional aos desafios tanto a nível interno como externo.

Portanto são procurados protótipos funcionais (materializados) e originais que concretizem pelo menos um dos ODS, e que façam parte da Agenda 2030 das Nações Unidas. Por fim, os promotores devem ainda demonstrar interesse relevante para a sua implementação, potencialmente, também em países em desenvolvimento, de produtos e serviços inovadores.

Quais são os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável?

Então os “Objetivos de Desenvolvimento Sustentável” ou “Sustainable Development Goals” são 17 objetivos aprovados pela Organização das Nações Unidas para “Transformar o nosso mundo até 2030”. Assim, é uma agenda universal que se traduz num plano de ação centrado nas pessoas, no planeta, na prosperidade, na paz e nas parcerias.

Em suma, constituem uma visão comum para a Humanidade, visam resolver as necessidades das pessoas, tanto nos países desenvolvidos como nos países em desenvolvimento, enfatizando que ninguém deve ser deixado para trás.

Até 2030, os desafios dos ODS são:

  1. Erradicar a pobreza 
  2. Erradicar a fome
  3. Saúde de qualidade
  4. Educação de qualidade
  5. Igualdade de género
  6. Água potável e saneamento
  7. Energias renováveis e acessíveis
  8. Trabalho digno e crescimento económico
  9. Indústria, inovação e infraestruturas
  10. Reduzir as desigualdades
  11. Cidades e comunidades sustentáveis
  12. Produção e consumo sustentáveis
  13. Ação climática
  14. Proteger a vida marinha
  15. Proteger a vida terrestre
  16. Paz, justiça e instituições eficazes
  17. Parcerias para a implementação dos ODS

Como participar no concurso?

De forma a participares no concurso tens de criar uma conta no site do GovTech com Cartão de Cidadão ou Chave Móvel Digital. Salvo casos em que não tenhas leitor de cartões, podes pedir aqui a tua Chave Móvel Digital. Ou seja, só é possível submeter candidaturas de produtos e serviços inovadores, e votar, através da conta.

Em suma a candidatura deverá seguir a seguinte estrutura:

  • Título
  • Descrição
  • Vídeo de apresentação
  • Link/ imagem/ esquema técnico do protótipo
  • Descritivo do modelo de negócio que pensaste para o teu protótipo funcional
  • Declaração de que não se encontra impedido de apresentar candidatura
  • Declaração de que os protótipos apresentados são originais

Por isso as fases do concurso incluem um calendário:

  • Submissão de candidaturas entre 21 de março e 31 de maio
  • Verificação da elegibilidade das candidaturas até 7 de junho
  • Fase de audiência prévia até 25 de junho
  • Seleção de 6 protótipos finalistas, pelo júri e pelo público, entre 28 de junho e 28 de agosto
  • Publicação da lista dos 6 protótipos funcionais até 30 de agosto
  • Evento de apresentação dos 6 protótipos finalistas e eleição dos 3 vencedores até 13 de setembro

Prémios para produtos e serviços inovadores

Assim, os prémios para cada um dos 3 vencedores, autores de produtos e serviços inovadores, são:

  • Prémio no montante de 30.000€
  • Protocolo de colaboração com o Estado para a implementação experimental do protótipo
  • Incubação, junto da Rede Nacional de Incubadoras, pelo prazo de 3 meses
  • Avaliação da aptidão do protótipo para implementação, enquadrado numa proposta de projeto da cooperação portuguesa, pelo Camões I.P
  • Apoio à internacionalização pela apresentação de candidatura junto da SOFID
  • Participação na Web Summit

 

Finalmente, e para mais informações, podes consultar o site e as FAQ do GovTech. Ou contactar a ÁGORA Business Academy.